top of page
  • Afonso Nilson

A declaração de amor do menino negro

Texto teatral para quatro atores

A declaração de amor do menino negro é um texto teatral para quatro atores, e aborda algumas das questões mais urgentes e sintomáticas do cotidiano de violência estatal e preconceito religioso que fazem do Brasil um dos países que mais mata jovens negros, homossexuais e pobres do mundo.

Uma visão sensível e pungente das violências que permeiam o tecido social brasileiro com a ascensão do fascismo e da desinformação de massa. Uma reflexão necessária e urgente num dos períodos mais controversos da história brasileira contemporânea.



Sinopse:

Caco é filho de pastor; Flávio, filho de militar. Eles tentam manter seu amor em segredo, assim como muito de tudo que pensam, que querem e sonham. As expectativas dos pais de que os filhos sigam seus modos de vida, suas crenças, suas ilusões de masculinidade são asfixiantes.

Silas, o pastor, imagina que o filho um dia assumirá seu lugar no púlpito de sua pequena congregação; Jair, o militar, abandonado pela esposa e expulso da corporação, tenta educar o filho com valores da caserna.


Nos becos, nas sombras, em meio ao silêncio e ao perigo, Caco e Flávio descobrem o amor, a cumplicidade, fazem planos. Silas, gritando versículos bíblicos como num comício, defende-se de acusações de homofobia perante jornalistas. Jair, que atirara num menino negro pelas costas, afoga suas contrariedades na bebida em delírios de legítima defesa. Haverá esperança para o amor?

Especificações técnicas:

A declaração de amor do menino negro, de Afonso Nilson

Texto teatral para quatro atores

Formato: 14x21cm (miolo em papel pólen, 80g)

Capa em papel cartão 250g, laminação fosca

88 páginas

Ano de publicação: 2021

ISBN: 978-65-992024-4-5


 

Disponível nas seguintes lojas:




 

E também em e-book:












17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page